QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Nota em solidariedade ao companheiro Mauro Iasi

http://frenteresistencia.blogspot.com.br/2015/10/nota-em-solidariedade-ao-companheiro.html?m=1

Leia mais!

sábado, 10 de outubro de 2015

Surge a Frente Resistência!

A Frente Resistência é uma iniciativa construída coletivamente para atuar nos marcos da emancipação da classe trabalhadora e dos povos oprimidos, do antiimperialismo e do antifascismo.

Não é uma organização nem pretende se constituir em uma. Envolve agrupamentos e militantes individuais de diversas tradições da esquerda, que, mantendo seus próprios programas e visões de mundo, estão dispostos a um trabalho em comum nos marcos apontados.

O Coletivo Lênin se soma à Frente Resistência, junto com os companheiros da Tendência Revolucionária, do Coletivo Socialistas Livres, do blog Espaço Marxista e do Movimento por uma Tendência Marxista-Leninista!

Leia mais!

sábado, 3 de outubro de 2015

Contribua com a campanha financeira da FIST!


Link: http://www.kickante.com.br/campanhas/projeto-de-educacao-e-politizacao-popular

A Frente Internacionalista dos Sem-Teto (FIST) é uma organização social brasileira que contribui, sobretudo, para defender legalmente o direito constitucional das pessoas sem-teto de habitação mas também oferece outros benefícios para as pessoas sem-teto e participa ativamente de protestos no Brasil . Foi criada em 2005 e é baseada nas idéias comunais de apoio mútuo entre diferentes ocupações de edifícios abandonados. A nossa constituição afirma também que a propriedade privada tem que cumprir sua função social, que neste caso significa que edifícios têm de fornecer moradia. Podemos fazer grandes avanços para enfrentar o problema da habitação defendendo nossa constituição.

O nosso projeto de educação irá enfrentar o analfabetismo adulto e infatil, oferecer creche e educação complementar para estudo em tempo integral, oferecendo estudo dirigido, aulas e exercícios extras para elevar os padrões educacionais e permitindo que os pais trabalhem em tempo integral com os filhos tomados conta. Não só isso, mas aulas para aprender uma profissão e cursos para entrar na faculdade pública.

O Brasil tem um registro atroz na educação e está passando por uma terrível crise econômica, os sem teto estão entre as maiores vítimas. Fornecendo estes cursos podemos ajudar os pais a trabalhar sem se preocupar com seus filhos, dar às crianças uma educação de qualidade para o seu futuro, dar opções de trabalho para os desempregados e ajuda a colocar jovens pobres em faculdades públicas.

Nós temos muitos espaços disponíveis para transformar em salas de aula, de imediato temos 3 salas de diferentes tamanhos para este projeto. Nós também têm arrolados cerca de 10 professores para nossas aulas provenientes de escolas públicas e privadas, militantes e até mesmo alguns sem teto. O que precisamos é de mobiliário escolar e material escolar básico.

A nossa estimativa aproximada é:

CUSTOS:

4 Quadros brancos a R$63,85 cada mais o frete de R$80,00 totalizando R$335,40.http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-682019589-quadro-branco-60-x-80-cm-escolas-creches-educacional-novo-_JM200 carteiras escolares a R$ 300,00 cada mais um frete de R$ 50,00 totalizando R$ 60.050.http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-696198820-mesa-cadeiras-carteiras... escolares diversos como pilor para os quadros, cadernos, apagador, etc totalizando R$3.000,00.
O valor total daria R$ 65.000,00 mas com o valor pedido já podemos pelos menos montar uma sala. Nós podemos ser contatados por nossa página no Facebook:https://www.facebook.com/frenteinternacionalista.fist

Ou e-mail:

Fist17@gmail.com
magmenecopuc@hotmail.com

Por favor ajudar e partilhar a nossa campanha. Não se esqueça manter contato com a nossa organização.

Muito obrigado.

Leia mais!

LIBERDADE PARA TOM, PRESO PELO JUDICIÁRIO RACISTA CONTRA AS PERSEGUIÇÕES A FIST! (FIST)


Via FIST



Adeilton Costa Lima, o Tom, trabalhador informal e morador da ocupação Edith Stein da FIST famoso por ter confeccionado o boneco da copa cuja imagem rodou o mundo, foi condenado a 11 anos de prisão, sob a falsa acusação de roubo. Ele está desde o dia 30/09/2014 preso no presídio Patrícia Acioli em São Gonçalo.

O juiz Itabaiana não ouviu nem a única testemunha que acusou Tom em sede policial, quando a pessoa ainda está sob forte emoção. Nem as três testemunhas de defesa, que não eram amigas do condenado, que atestaram que, no dia e hora do crime, Tom encontrava-se numa ocupação da rua Santa Cristina,em Santa Teresa.

A única testemunha de acusação que foi fazer o reconhecimento de Tom em audiência atestou que o mesmo não era um dos criminosos, e mais: disse textualmente que Tom NUNCA ESTEVE NO ESTABELECIMENTO ONDE OCORREU O CRIME. Mesmo diante destas provas, Itabaiana condenou o companheiro. Este juiz, além de tudo, tem um comportamento desrespeitoso para com os advogados estando, inclusive, sendo processado pela moderadíssima OAB em virtude de ter mandado fazer escuta nos telefones dos advogados, revivendo a velha prática da ditadura militar.

Tom é réu primário e foi preso pela primeira vez no período eleitoral, o que é ilegal. A fita de uma câmera de segurança do local do crime, que revela que Tom não participou dos assaltos não foi periciada, porque desapareceu no Fórum, o que é um indício de alguma interferência também ilegal no processo.
O juiz Flavio Itabaiana de Oliveira Nicolau é velho conhecido da FIST por suas atitudes arbitrárias. No afã de condenar, condenar e condenar, cometeu mais uma injustiça gritante com essa sentença. É simplesmente aviltante o comportamento desse senhor contra pobres, negros e lutadores sociais.

A perseguição ao Tom faz parte de uma onda geral de perseguição à FIST e a todos os movimentos sociais. Por lutar contra a especulação imobiliária no Rio de Janeiro, vários moradores de ocupações da FIST já sofreram criminalização de forma parecida com o que aconteceu com o Tom. O próprio advogado da FIST,André de Paula, está respondendo a processo por desacato, por se recusar a aceitar as chicanas judiciais contra o nosso movimento e o povo pobre e de maioria negra.

O Estado brasileiro foi construído em cima da escravidão, e depois da repressão brutal ao povo negro. A justiça, como um dos pilares desse Estado, não é diferente. Os juízes no Brasil têm poderes quase ditatoriais, e podem passar por cima do devido processo legal, como Itabaiana está fazendo. E o sistema penal não oferece nenhum apoio para reabilitar os presos e reintegrá-los na sociedade, e sim serve como escola do crime e depósito para pobres, muitos já com as penas vencidas.

Como parte da nossa luta contra o sistema capitalista, devemos exigir que haja um controle popular maior sobre a justiça, e diminuição do poder dos juízes. E também devemos exigir mudanças radicais no sistema penal, começando com o fim da Polícia Militar, que trata o povo como um inimigo a ser combatido, e medidas para diminuir a superlotação dos presídios.

Assim como a FIST participa da Campanha pela Liberdade de Rafael Braga, pedimos o apoio de todos os movimentos sociais para a campanha pela liberdade do Tom e contra as perseguições à FIST. Precisamos de moções nos sindicatos e movimentos, divulgação do caso, solidariedade material ao Tom e à sua família e apoio nas manifestações que vamos convocar em conjunto com quem apoiar mais esse preso do judiciário racista e antipopular.

Tom está pedindo um ventilador com nota fiscal como doação. Quem puder ajudar terá nossa gratidão.
Leia mais!

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES