QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Manifestação no Centro do Rio aquece para o 1º de Maio

RIO - Hoje pela manhã cerca de 400 manifestantes se reuniram em frente ao prédio da Prefeitura do Rio de Janeiro. Representando 22 favelas e comunidades do Rio e de Niterói afetadas pelas fortes chuvas de abril, os manifestantes lutavam contra os já programados despejos.
Intervindo através da FIST - Frente Internacionalista dos Sem-Teto, o Coletivo Lenin deixou claro que não podemos depositar confiança alguma nas prefeituras do Rio de Janeiro (PMDB) e de Niterói (PDT), e menos ainda nos Governos Estadual (PMDB) e Federal. Estando à serviço dos empresários que os elegeram, Eduardo Paes, Jorge Roberto, Sérgio Cabral e Lula estão desde meados do ano passado fazendo uma verdadeira limpa no Estado, para favorecer a especulação imobiliária e o turismo prometido com a vinda da Copa e das Olimpíadas. Dessa forma, as fortes chuvas que devastaram as zonas pobres do Estado caíram como uma luva para os governantes, com o apoio da mídia, convencerem a população à abandonar suas casas.

Mas os moradores de favelas e ocupações têm deixado claro que pretendem resistir com todas as suas forças. Reuniões de massas têm ocorrido em diversas comunidades e o ato de 1º de Maio, marcado para ocorrer em Niterói (principal município afetado), promete ser muito maior que os últimos.

Nesse sentindo, convocamos todos os companheiros do Estado para amanhã marcharem sobre Niterói exigindo o cumprimento do seguinte programa:

- Que o Estado seja obrigado a construir, sob supervisão de assembléias de moradores, novas moradias em locais adequados para TODAS as vítimas, desabrigados e desalojados por causa da catástrofe!

- Imposto progressivo a cada ano sobre as grandes empresas para pagar um plano de infra-estrutura e obras públicas até que os trabalhadores não precisem mais morar em locais de risco!

- Que o lucro das empresas que exploram o petróleo brasileiro, além dos royalties, seja fortemente taxado para garantir habitação digna e bem localizada, com acesso a saúde e educação de qualidade para todos os que precisam!

- Pelo fim do Choque de Ordem! Que as organizações e assembléias de trabalhadores sem-teto tenham total liberdade para usar como habitação improvisada prédios públicos e privados que estejam fora de uso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES