QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Grito dos Excluídos 2010

Mais um 7 de Setembro se aproxima e os preparativos para um novo "Grito dos Excluídos" ganham fôlego e tomam forma.
Aqueles mais próximos do Coletivo Lenin sabem que nossa organização foi forjada no combate ao Projeto Democrático e Popular que permeia, sob diferentes formas, praticamente todas as organizações de esquerda do país. À esse projeto nacional-desenvolvimentista, e que muitas vezes envereda por obscuros caminhos nacionalistas (como o Grito dos Excluídos faz questão de demonstrar), opomos um projeto revolucionário, baseado no legado histórico das lutas da classe trabalhadora sob a bandeira vermelha do marxismo.

(Re)Publicamos aqui um texto lançado em agosto de 2009 por nossa então jovem organização , nos posicionando quanto ao Grito, como forma de apronfundar os leitores do blog nas polêmicas que temos com tal evento.
Apesar de nossas severas críticas ao mesmo, mais uma vez iremos às ruas nesse 7 de Setembro, somando forças à sem-tetos, sem-terras e dezenas de trabalhadores explorados. Porém deixando claro que apenas um programa revolucionário pode ser capaz de extinguir de vez a falta de moradia, terras, saúde, educação e transporte de qualidade, problemas que assolam a vida da classe trabalhadora e que o Grito dos Excluídos ou qualquer uma das organizações que defenda seu programa jamais serão capazes de resolver.
Chamamos todos aqueles que concordem conosco a marcharem debaixo da bandeira vermelha do comunismo, que ergueremos bem alto ante a gritaria nacionalista e reformista que tomará lugar ao longo da caminhada.

Saudações comunistas,
Direção Nacional do Coletivo Lenin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES