QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Serra mostra a que veio

Após meses de uma campanha tíimida, Serra/PSDB finalmente descolam do discurso de "quem vai gerir melhor o Governo" e mostram seu programa reacionário.
via JBOnline

As sucessivas pesquisas de opinião mostrando que Dilma ganharia as eleições no primeiro turno fez com que Serra lançasse alguns ataques de caráter político mais explícito, como a recente defesa de um reforma nas maneiras de se fazer eleições para tirar de jogo os "partidos nanicos", que segundo o canditado servem de "legenda de aluguel" e de plataforma para "candidato paranóico".

Sem dúvida alguma tal propasta representa um ataque aos pequenos partidos de esquerda, que muitas vezes utilizam seu pouco espaço na TV e rádio para denunciar o Estado burguês e seus defensores.

Tal proposta não passa de um misto de reacionarismo e hipocrisia, típicos da oposição de direita ao Governo Lula. Hipocrisia porque o que é o PSDB senão um partido que cada vez mais se resume a ser uma mera legenda pra eleger parlamentar carreirista?

Nessas eleições o maior papel dos revolucionários é combater essa fração reacionária da burguesia brasileira, sem deixar de lado a denúncia do verdadeiro caráter do Governo Lula: uma aliança com o grande empresariado e com os banqueiros para travar as lutas sociais e aumentar os lucros da classe dominante.

Por uma oposição classista ao Governo Lula e à Dilma/PT, construir um Partido Revolucionário de Trabalhadores!

Confira as declarações de Serra aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES