QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Passageiros protestam e sequestram trem na Supervia/RJ: a rebelião se justifica!

As condições do Rio de Janeiro para quem mora na cidade estão cada vez piores, enquanto a Copa e as Olimpíadas são anunciadas para os turistas.

O serviço de trens já é totalmente insuficiente, porque existe há décadas o lobby da FETRANSPOR, que representa as empresas de ônibus, para impedir a concorrência.

A privatização foi feita pelo governo de Marcelo Alencar (PSDB) em 1998, pela mixaria de 280 milhões de dólares, com a promessa de que o serviço ia melhorar.

A única mudança que realmente aconteceu foi que as passagens, que logicamente eram mais baratas que as do ônibus (porque os custos do transporte ferroviário são menores), conseguiram ficar mais altas, chegando a R$ 2,90 desde o começo desse mês!

Existem trens que estão na linha desde a década de 1960. Isso leva a vários defeitos e atrasos constantes.

Por isso, os trabalhadores têm toda a razão de ficarem putos e se manifestarem contra a Supervia como aconteceu ontem, e têm acontecido várias vezes nos últimos meses! Só que ontem foi melhor, eles "sequestraram" o trem, para poderem chegar até a estação final, Central do Brasil. 

Esse tipo de revolta espontânea é muito positiva, mas precisa se generalizar. Por isso defendemos que os sindicatos, como os de ferroviários, e associações de moradores dos locais onde grande parte da população usa o trem, apoiem as manifestações e deem uma perspectiva política para ela.

A solução real do problema dos transportes, que não atinge só os trens, mas também os ônibus, como temos denunciado, e as barcas, que tiveram um aumento escandaloso de 80%, depende da criação de um sistema de transporte público, controlado pela população e com tarifa zero, financiada por impostos sobre os lucros das grandes empresas!


Nenhuma punição para os trabalhadores que protestaram!

Reestatização da Supervia sob controle dos trabalhadores! 


Fonte: R7


Supervia diz que passageiros obrigaram maquinista
a seguir com trem até Central do Brasil

Problema operacional parou circulação e passageiros protestaram na manhã desta quinta
Carlos Eduardo / Ag. O Dia
Supervia
Segundo a Supervia, os usuários impediram que a equipe de manutenção da concessionária rebocasse o trem até a estação mais próxima para fazer a transferência dos usuários

Publicidade
A Supervia (concessionária responsável pela circulação dos trens no Rio de Janeiro) informou, por meio de nota, que durante a confusão na linha férrea na manhã desta quinta-feira (9), um grupo de passageiros ameaçou o maquinista de uma composição, obrigando-o a seguir viagem até a Central do Brasil. Segundo nota divulgada pela empresa, os usuários impediram que a equipe de manutenção da concessionária rebocasse o trem até a estação mais próxima (São Francisco Xavier) para fazer a transferência dos usuários.
Fotos: Passageiros revoltados depredam estações de trem

O trem do ramal Deodoro ficou cerca de 40 minutos parado. A estação Central do Brasil chegou a ser fechada por 20 minutos.

Após confusão, estação de trem da Central do Brasil tem cenário de guerra 

Agência de Transportes do Rio abre processo para apurar causas da confusão nos trens

Passageiros se arriscam e pegam carona em composição que rebocou trem

 A concessionária informou ainda que analisa as consequências das manifestações ocorridas nas estações nesta manhã.

Segundo a Supervia, os passageiros prejudicados foram ressarcidos com vales-viagem e o sistema de áudio das estações anunciou as condições operacionais durante a paralisação do serviço.

A empresa informou também que o problema operacional registrado no trem foi no sistema de frenagem e sua viagem foi interrompida nas proximidades da estação Sampaio, na zona norte, às 7h10.

Ainda de acordo com a nota, a Supervia acionou o Núcleo de Polícia Ferroviária para as devidas providências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES