QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

VOTAR EM DILMA PARA DERROTAR AÉCIO, A DIREITA E A NOVA OFENSIVA DO IMPERIALISMO!(Coletivo Lenin e Liga Comunista)


Este 
panfleto foi feito pelo Coletivo Lenin em conjunto com os camaradas da Liga Comunista-CLQI, e é um pequeno resumo de nossa posição diante deste cenário político eleitoral no segundo turno das eleições burguesas, chamando voto em Dilma/PT contra o candidato Aécio do PSDB, preferido do imperialismo e da direita golpista brasileira. Este panfleto tem como objetivo dialogar diretamente com os nossos companheiros trabalhadores nos variados locais de trabalho onde atuamos no Rio de Janeiro e em São Paulo.

VOTAR EM DILMA PARA DERROTAR AÉCIO,
A DIREITA E A NOVA OFENSIVA DO IMPERIALISMO!


Companheiros, a conjuntura internacional mudou e exige toda nossa firmeza para combater o imperialismo e seus agentes. Após a crise de 2008, EUA e União Europeia perderam mercado para China e Rússia. Desde 2009, os países imperialistas, liderados pelo EUA, estão num contra-ataque para retomar o domínio de regiões como a América Latina. No Brasil, que é o fiel da balança para o domínio no continente, o imperialismo aposta em Aécio Neves do PSDB para obrigar os trabalhadores a pagar um alto custo pela crise imperialista.

Se Aécio derrotar Dilma, imediatamente os trabalhadores vão sofrer uma forte política de arrocho salarial: privatização completas de bancos e empresas públicas, aumento das terceirizações, redução de salários e de direitos trabalhistas históricos, demissões em massa, reduzirá a maioridade penal, aumentando ainda mais a população carcerária com prisões em massa da juventude, e brutal repressão de qualquer oposição dos trabalhadores às políticas impostas pelo imperialismo.

Todavia medidas como foram tomadas pelos governos do PT como a reforma da previdência, os leilões do pré-sal, a ocupação militar dos bairros proletários com as assassinas UPPs no Rio, as privatizações de aeroportos, estradas e PPPs, a ocupação do Haiti pelo Exército brasileiro, a não realização da reforma agrária só contribuem para desmoralizar a luta dos trabalhadores e favorecer a direita, o grande capital e o imperialismo.


Nestas eleições chamamos voto na Dilma/PT para derrotar o candidato preferido do imperialismo, Aécio. Mas acreditamos que somente nossa organização nos nossos locais de trabalho, moradia e estudo, nos mobilizando, com greves e manifestações em defesa de nossos direitos e interesses, que poderemos impedir a imposição dos planos do imperialismo e avançar na luta revolucionária pelo socialismo e por um governo próprio dos trabalhadores que combata o capitalismo e atenda plenamente aos interesses da população trabalhadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES