QUEM SOMOS NÓS

Minha foto
Somos uma organização marxista revolucionária. Procuramos intervir nas lutas de classes com um programa anticapitalista, com o objetivo de criar o Partido Revolucionário dos Trabalhadores, a seção brasileira de uma nova Internacional Revolucionária. Só com um partido revolucionário, composto em sua maioria por mulheres e negros, é possível lutar pelo governo direto dos trabalhadores, como forma de abrir caminho até o socialismo.

domingo, 15 de abril de 2012

Reunião na quinta-feira dia 19, contra a criminalização dos movimentos, às 18h, no IFCS!

 Compartilhando de uma companheira do GEP (Grupo de Educadores Populares), através do Facebook:
Divulgando a triste notícia da condenação do professor do GEP e do Estado, o companheiro Filipe Proença..

Ele foi condenado por participar do ato de apoio à Ocupação Sem-teto Guerreiros Urbanos em dezembro de 2010, que foi violentamente despejada. Ainda podemos recorrer, mas conhecendo as limitações do judiciário é preciso que tenhamos uma grande mobilização de apoio.

As medidas judiciais e repressoras do Estado estão cada vez piores, na mesma semana o advogado das ocupações André de Paula também foi condenado a pagar uma indenização de mais de mil reais, em breve estará valendo a "lei do terrorismo" para o Rio+20 e a Copa que proíbe qualquer manifestação, greve com penas absurdas. O número de remoções aumenta junto com a repressão policial, os casos não são poucos, Pinheirinhos, a repressão no ato contra os militares, entre muitos outros. Temos que nos organizar para prestar solidariedade a estes companheiros e também nos preparar para o que está por vir.

Peço a todos aqueles que se solidarizam com a luta dos Movimentos Sociais que repassem essa notícia, em breve divulgaremos reunião.

TODOS CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS!

Segue trecho da sentença que além de condenar o Filipe, pede a investigação do grupo Guerreiros Urbanos, 30 famílias que ainda estão sem-teto, por formação de quadrilha:

ainda em cumprimento ao art. 40 do CPP, providenciar as cópias necessárias de documentos e das gravações contidas nas mídias que acompanham os autos, de sorte a apurar possível existência de
organização criminosa responsável pela invasão de prédios públicos ao longo dos anos. Aparentemente a organização denomina-se ¿guerreiros urbanos¿ e, provavelmente, foi a responsável pela confecção dos vídeos contidos na mídia que instruiu a denúncia.

2 comentários:

  1. os europeus sao a maioria dos trabalhadores no brasil este eo racismo encubado da pra ver a igualadade de vcs

    ResponderExcluir
  2. Por isso que a população brasileira é loira de olhos azuis!

    ResponderExcluir

Mais lidas nesse mês:

Mais lidas do blog:

SEGUIDORES